Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

sábado, abril 12, 2008

Pega o galhinho de arruda


Eu não acompanho E.R., a série da Warner sobre o pronto-socorro do County General Hospital, em Chicago. Mas eu gosto, e volta e meia assito um capítulo, e como não peguei desde o começo, quando o capítulo não é o do horário habitual, eu nem sei se é dessa temporada ou de alguma outra.

Bem, mas isso não importa. O que eu observei, entre as idas e vindas amorosas das personagens, é que uma delas é a rainha da cocada com curry do pedaço: a Neela, médica de origem indiana.

Primeiro ela se casou com um cara que era soldado e foi morto na guerra do Iraque. Depois disso ela despertou uma paixão avassaladora em um médico roqueiro bonitão, que eu nem sei se eles efetivamente tiveram alguma coisa, só sei que o cara foi atropelado quando foi ouvir uma mensagem que ela tinha deixado no celular dele e perdeu as duas pernas (não, não perdeu um braço, nem um olho, mas ainda está vivo).

Aí ela se engraça com outro médico, que tem uma relação meio esquisita com uma mulher que chegou inclusive a pagar a faculdade de Medicina dele, que tem uma filha de uns 11 anos que adora este médico. E o que acontece? A mãe da garota morre num acidente de carro.

Nega pé-frio essa Neela... eu hein?

9 Comentários:

Blogger Virgínia disse...

Eu heim?! Isso é E.R. ou série de "medo"?
Não sou muito fiel aos seriados, mas ando gostando de ver Two and a Half Man e Sex and the city (que eu não vi quando passava por absoluta falta de tempo + interesse). Mas não me prendo não... sem contar que as reprises são muito loucas. Cada dia uma temporada diferente!
Bj

2:55 PM  
Blogger Cláudia disse...

Virginia, adoro Two and a half men. Aliás, sou viciadas nessas séries, gosto de várias!
bj

11:13 PM  
Anonymous Adauto disse...

"(não, não perdeu um braço, nem um olho, mas ainda está vivo)"...

Até porque, se assim o fosse, teríamos então uma outra série encavalada nessa, a do "Homem de seis milhões de dólares"...

:D

11:46 AM  
Blogger Re disse...

Essa nasceu para sofrer....
Arruda é pouco!!!
beijos
Re

5:23 PM  
Blogger Cláudia disse...

Adauto, tu também era fã do Steve Austin?

Re, pior que nem sofre tanto assim, a capacidade de renovação dela é uma coisa incrível!

beijos

6:56 PM  
Anonymous Adauto disse...

Cláudia, desculpe a tréplica, mas sou obrigado a confirmar: sim, eu era fã. Quem (daquela época) não brincou de supervelocidade ao som imaginário de um "tu-tu-tu-tu-tu", enquanto se movia em câmera lenta, que atire o primeiro olho biônico...

7:44 PM  
Blogger Cláudia disse...

Então, Adauto, e ele ainda era marido da Pantera mais famosa!!! o casal ó do borogodó da tv, mais badalado que Tarcisio Meira e Gloria Menezes.
Eu nem lembrava mais da câmera lenta e do barulhinho...

11:43 PM  
Blogger Lala disse...

Eu ia comentar sobre a Neela, mas essa discussão completamente delatora sobre Steve Austin acabou me seduzindo mais.
Agora Clau, não contente com isso, tu ainda mete um Tarcísio Meira e Gloria Menezes, neguinha? Em que ano as pessoas vão pensar que tu nasceu, minha filha?

Beijos!

10:57 AM  
Blogger Cláudia disse...

Lala
nada, eu vejo reprise no nick at night... rs
beijo

10:28 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial