Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

quinta-feira, dezembro 06, 2007

I hope that someone gets my message in a bottle...

(The Police)


Fico pensando que deve ser bem legal escrever uma mensagem em um papel, enfiar em uma garrafa, fechá-la hermeticamente e jogá-la ao mar. Só pensando, porque nunca fiz, e olha que penso nisso desde que ouvi esta música do The Police. Tem de entrar na minha lista de coisas para fazer antes de morrer ou de ficar gagá demais para tanto.

O que eu escreveria? Houve um tempo em que eu pensei em escrever uma carta de amor a um interlocutor anônimo, na qual eu colocaria meu nome e endereço, para que ele pudesse me responder. Hoje, em dias de criminalidade no topo, capaz da garrafa ir parar nas mãos de um grupo especializado em sequestro e extorsão. Não dá. E mandar uma carta sem saber nas mãos de quem foi parar também não tem a menor graça.

Para onde será que as correntes marítimas levariam a minha garrafa? A primeira hipótese é que ela ia parar na mesma praia onde a joguei, ou bater nas pedras, se fosse o caso, e já se esborrachar ali mesmo.

Sim, pessoal, porque esta idéia é nascida no tempo em que não existiam garrafas pet. Só de vidro. Até porque uma mensagem enroladinha dentro de uma garrafa verde de guaraná, de plástico, perderia pelo menos 70% do seu charme.

Para que ela fosse levada ao léu, em alto mar, eu teria de jogá-la em alto mar. Pelo menos em médio mar. De navio não dá, porque o deslocamento de água em torno de um navio sugaria a garrafa e ela provavelmente se espatifaria no casco. Teria de ser em um barco. Quem sabe quando eu me casar com um milionário italiano, dono de um iate, eu não possa realizar minha vontade jogando minha garrafinha nas águas que contornam a Sicília?

Em tempos política e ecologicamente corretos, bem capaz de aparecer um fiscal ambiental e me multar, ou me levar presa. Pensa euzinha na Caras Italiana: Mulher presa por agressão ao ambiente marítimo. Na capa, minha foto, de biquini de oncinha Elisabeth Beach, tamanco Manolo Blahnik, óculos escuros de mosca Chanel com o símbolo dourado bem grande na lateral, e uma saidinha de praia Rosa Chá - porque afinal sou brasileira né? - sendo algemada por dois carabinieri ao chegar à marina.

Pensando bem, a idéia até que não é má.

7 Comentários:

Blogger Lala disse...

Joga a garrafa Clau! No mediterrâneo! Jo-ga! Jo-ga!
Beijo!

6:58 PM  
Blogger mc disse...

que fantasia lindaaaa!!!

Mas eu tenho uma outra idéia... você pode ir pra qualquer praia no litoral paulista na temporada de verão, fazer um passeio num banana boat e jogar a sua garrafa de lá..

Pode não ser glamuroso, mas é factível!

10:23 AM  
Blogger Cláudia disse...

Lala, quem sabe? Enzo tem um barco...

mc, pode ser uma excelente adaptassãn da idéia original, não?

beijos

1:22 PM  
Blogger MH disse...

No Caribe tinha umas garrafinhas de vidro com um pergaminho dentro, vc escrevia lá, fechava com a rolha e uma fitinha adesiva, e mandava pelo correio. Só pra dar um gostinho de mensagem na garrafa, ainda que sem o mistério e romantismo da idéia original...

10:16 AM  
Blogger Esquadros disse...

Oie

Eu acabo de Ver seu blog, procurando receita pra sarar logo da gripe, porque vou a um casamento sabado...
hihihihihihihihi
adorei seu blog...

bjo e ate mais

Pri

7:40 AM  
Blogger Cláudia disse...

mh, que legal! Bem que eles podiam entregar com um meladinho de água salgada e areia pelo lado de fora.

Pri, jura mesmo? Bem, tomara que funcione!

beijos

12:05 PM  
Anonymous Anônimo disse...

http://gongfu.com.ua - Visit us or die!

4:42 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial