Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

sábado, março 01, 2008

Pais x avós

O eterno embate entre os pais e os avós:

- Como assim não lavou os cabelos???
- É, ué, a coitadinha acordou e não quis lavar os cabelos quando tomou banho. Pra quê eu ia contrariar a criança?

- Mas me diga que diferença faz você tomar água neste copo ou em outro?
- Não, peraí, que a Isabela gosta de tomar água naquela canequinha de alumínio.

- imagina que agora o Evandro (6 anos) quer ser lixeiro..
- o Evandro quer ser lixeiro. Aí eu pensei que quando o caminhão de lixo passar aqui na quadra, vou pedir ao lixeiro se ele pode dar uma voltinha em pé lá atrás (é, lá mesmo, onde tem aquele cheiro medonho e aquela sujeira toda) que ele vai adorar!

5 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

E o lugar da Isabela na mesa da cozinha, cujo guardião é o Evandro, e só senta lá quem tem autorização dele? Será que a rainha Elizabeth estraga Willian e Harry desse jeito? Não? Tadinhos.
Bjs. Rosana.

9:03 AM  
Blogger Cláudia disse...

Verdade!!
Duvido que Beth faça igual Dudu e Didi.Sortudos são nossos filhotes.
beijinhos

11:42 PM  
Blogger ANNA disse...

Vó é tudo de bom!
Esses dias cheguei na casa de minha mãe e quando fui abrir a porta saiu a cachorrinha (uma pequena labradora de mais de 40 kg) correndo de dentro de casa e com uma blusa da minha mãe amarrada em torno do pescoço...
- Que é isso? - eu perguntei
E minha mãe respondeu:
- Ah, a Mariana está com gripe e não pode brincar lá fora porque está frio, aí eu deixei ela brincar aqui dentro com a cachorra.
- Mas e a sua blusa?
- Elas estavam brincando de super-heróis.
Detalhe: antes da minha sobrinha a cachorra nem podia entrar na área de serviço, quem dirá vestir a blusa da minha mãe...
Beijo
(urb)Anna

4:55 PM  
Blogger Re disse...

hahaahahahahahahahah
adoro avós, pena que nunca tive....
tenho uma mais não serve pra nada.... droga.
bjs
Re

6:10 PM  
Blogger Cláudia disse...

Anna, adorei a história da cachorra com uma blusa amarrada no pescoço.
Isso me lembra meu sogro, que vivia dizendo que imagina se ele ia ficar babando neto. E minha mãe retrucava, dizendo que ele ia ser um avô daqueles de ficar de 4 pra brincar de cavalinho.
Nasceu minha filha e eis que um dia está meu sogro no meio da sala, de quatro, com Bela montada nas costas dele, brincando de que? Cavalinho!

Re, eu infelizmente sempre morei longe dos meus, mas quando ia de férias, era tão bom!

beijo

6:35 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial