Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

quarta-feira, março 18, 2009

Ainda bem que ele não era JK

Fosse Almir Rogério responsável pelo desenvolvimento da indústria automobilística nacional, estaríamos agora andando em carroças.
Porque, vamos combinar, ô cara pra dar azar com veículos automotivos - com quatro ou duas rodas!

Motoqueiro
(Almir Rogério)

Tudo certo para o nosso casamento
Tanta gente na igreja a esperar
O relógio já marcava cinco horas
Muita gente indo embora
E ela nada de chegar

Foi aí que alguém veio me avisar
Vejam só como um castelo se desfaz
Uma moto foi embora da cidade
Que infelicidade
Ela foi sentada atrás

Motoqueiro
Que destino traiçoeiro
Destruiu meu coração
Pois trocou o meu fuscão
Pelo amor de um motoqueiro



Fuscão Preto
(Almir Rogério)

Me disseram que ela foi vista com outro
Num fuscão preto pela cidade a rodar

Bem vestida igual à dama da noite
Cheirando a álcool e fumando sem parar

Meu Deus do céu, diga que isso é mentira
Se for verdade esclareça por favor
Daí a pouco eu mesmo vi o fuscão
E os dois juntos se desmanchando de amor

Fuscão preto você é feito de aço
Fez o meu peito em pedaço
E também aprendeu matar

Fuscão preto com o seu ronco maldito
Meu castelo tão bonito
Você fez desmoronar...

1 Comentários:

Blogger Re disse...

Meu Tukinha é preto e se chama Fukão por causa desta música. Achei que um cachorro nordestino merecesse esta homenagem...rs
beijo
Re

11:00 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial