Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

sábado, março 22, 2008

Paixão, mulheres e amigas



O que as mulheres são capazes de fazer por uma paixão? Praticamente tudo. As apaixonadas vivem em outra dimensão e só se entendem com outras apaixonadas. Alguém, em seu estado normal, pode conceber que, na era pré-celular, havia quem passasse o dia inteiro em casa porque ele poderia telefonar? E, como nas casas só existia um telefone, ninguém podia falar, para não ocupar a linha. Converse com algumas mulheres dessa época e elas terão muitas histórias para contar, todas abso-lu-ta-men-te idênticas. Porque elas (nós), quando se apaixonam, são todas iguais. Experimente perguntar a sua amiga como foi que eles se conheceram, como tudo começou. E pode pegar um livro, disfarçadamente, pois ela vai falar durante horas sem que você precise dizer uma só palavra. As apaixonadas mentem para o chefe com a cara mais inocente e adoecem a tia ou a mãe sem nenhuma culpa, arriscando o emprego e talvez o futuro, para ficar com ele mais algumas horas na manhã de segunda-feira.

A criatividade de uma mulher apaixonada não tem limites. Se ele não é totalmente livre, digamos assim, ela vai descobrir o nome da outra, a profissão, o número do telefone do trabalho, o nome e a idade dos filhos em mi-nu-tos.

Para uma mulher apaixonada, é fundamental ter uma amiga com poucos escrúpulos, muito tempo vago, hábil e com talento para fazer todos os papéis, se for preciso - e sempre é. Porque ela é quem vai ligar à noite para saber se ele está em casa, vai se plantar dentro do carro até de madrugada para ver se ele entrará sozinho no apartamento ou com alguma vadia. Essa amiga topa dar uma festa só para você poder usar seu vestido mais sexy - e convidá-lo, claro. Quem tem uma amiga assim tem tudo na vida e, se tiver um amigo - pois às vezes é necessário uma voz de homem -, aí é o paraíso. São raros esses amigos tão preciosos, mas eles existem.

Uma mulher apaixonada não hesita em cometer os maiores desvarios. Se o telefone dele
estiver ocupado durante muito tempo, ela é capaz de ligar para aquela mulher de quem desconfia - e sabe o número de cor -, e, se o dela também estiver ocupado, é elementar: eles estão falando entre si.

Ah, as mulheres apaixonadas: por mais sérias que sejam, por mais responsáveis diante do mundo, viram doidivanas quando um homem consegue atingir seu coração. Elas são maravilhosas, todas tão diferentes e tão iguais; e não existe nada melhor do que ouvi-las falando de seus amores. Entre o papo de duas adolescentes ou de duas mulheres várias vezes casadas e com filhos de diversos maridos, não há diferença. Afinal, não há maior estado de graça do que estar apaixonada.

Se você tem uma ou duas amigas assim, aproveite para aprender o verdadeiro sentido da vida. E faça isso antes que alguém chame a ambulância do manicômio e o enfermeiro leve-as em camisa-de-força. A única chance que elas têm de escapar é se a psiquiatra for mulher e também estiver apaixonada; nesse caso, o papo vai se estender até o dia clarear. A três, é claro. O que seria do mundo sem as mulheres?


texto de Danuza Leão, postado na revista Cláudia em agosto de 2007.

6 Comentários:

Blogger Ana disse...

Fantastico!!
É tão bom (e ruim, se não for correspondido) estar apaixonada...

12:15 PM  
Blogger Re disse...

Lindo!
Lembrei da minha fiel escudeira Kiki.... ah! que amiga.... e do meu cachorro Sunset que ia passear até a casa dele, do apaixonante, mesmo com chuva só para me fazer companhia....
Amar é muito bom, mas ter amigas assim é melhor ainda....
beijos
Re

2:58 PM  
Blogger Virgínia disse...

Putz, descreveu minha mãe!!! Não é mole ter mãe viúva aos 38 anos... faz 10 anos que aguento isso! Porque será que nunca melhoramos, os anos passam mas as mulheres não mudam...

5:08 PM  
Blogger Lala disse...

Clau

Minha amiga assim é você!

Beijos

Lala, a "norótica"

5:39 PM  
Blogger Cláudia disse...

Ana, é bom de qualquer jeito!

Re, quem tem um Sunset, tem tudo.

Virgínia, nossa, muito nova! Ainda bem que pelo visto ela é animada.

Lala, você sabe que, no fim, eu me divirto!

beijo

7:30 PM  
Anonymous Virgínia disse...

Pois é, animada ela é, mas dá um trabalho para mim e para minha irmã!!! ahduashduashduahduahd

10:46 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial