Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

sexta-feira, setembro 11, 2009

Último capítulo

Agora que a novela acabou, bora comentar o último capítulo. Até porque a próxima novela das oito terá Taís Araújo como protagonista, com Giovanna Antonelli no elenco, só faltava mesmo a Carolina Dieckman para a novela ser um entojo só. Então, vai ser bem difícil de assistir, mesmo para ter assunto pro blog.

Coisa mais decpcionante o reencontro da Maya com o Raj! Fué fué fuééé... Achei que ia me acabar, mas que ceninha mais sem graça! Sem contar que, quando eles voltaram pra casa dos Ananda, não sabiam do destino do Pequeno Krishna, afinal de contas o Gopal foi buscá-lo no viuvário para levar o garoto para o pai, o Bahuan. E tudo bem, ninguém se mostrou surpreso de ver a criancinha lá no colo do Opash, aliás, o Raj nem ao menos perguntou pelo garoto quando viu a Maya.

Sem contar que Mumbai é uma cidade pequena, não? só 13 milhões de habitantes, rivalizando ali, pau-a-pau com Demétrio Ribeiro. Dá dois passos e já encontra um conhecido, se alguém se perde, acha logo ali. E todo mundo sabe da vida de todo mundo, cidade pequena é assim mesmo.

Amei a Surya tendo de engolir uma filha que nem mesmo é dela. Vai dizer o que? Adorei a Yvone enrolando o carcereiro, aliás, se há dois personagens coerentes nessa novela, estes são a Yvone e o Raul. Os únicos que não mudaram de personalidade de acordo com o sabor dos ventos. Porque o Opash mudou tanto, mas tanto, em apenas alguns dias, que se a novela tivesse mais um capítulo era capaz dele se divorciar da Indira e se casar com a Pujah.

Gente, já não bastava o tio Chico com a pança de fora, agora também Shankar? Atentado ao bom gosto...

Como assim, o marido faz 60 anos e você faz junto, não importa quantos anos tenha? ASIFUDE!!! Aliás, mulher se ferra em verde e amarelo na India, não? O marido faz 60 anos e tu faz junto. Casa com quem a familia escolhe - se bem que eu já disse aqui que meus pais bem que podiam descolar um Raj pra eu chamar de meu. Se fica viúva, a culpa é dela, que trouxe má sorte para o marido e ele morreu por isso. Aí é obrigada a nunca mais usar uma pulseirinha sequer, luto pro resto da vida e ainda vira a doméstica da família. Se vai para um viuvário, cortam-lhe os cabelos, e nada de vaidade, só sofrimento, só faltava tocar Banda Calypso o dia todo pras viúvas todas se jogarem no poço.

E, para finalizar:

Esse Raj é tudo!!!!!

15 Comentários:

Blogger Virgínia disse...

Essa da pança do Lima Duarte foi tudo! ahuadhduahduahduahdu E os cabelos ao vento?????

Acho que deveriamos lançar a campanha: Toda mulher deveria ter um Raj para chamar de seu!

Bj

12:41 AM  
Anonymous Anônimo disse...

Também achei o encontrinho fué, fué. E a Taylaiaiaiala que demrou 4h e meia no make up, pintou até os pés, pra aparecer trinta segundos em cima de um elefante!!!!!!!! Dó. O elefante apareceu mais que ela.
Bjs Rosana.
PS: Viver a vida é do Manoel Carlos, aqueles diálogos rasos, irk...

9:23 AM  
Anonymous Anônimo disse...

Eu até vi...e odeiei como odiei a novela inteira!!!
afffff

Mas aqui, ngm merece mesmo Tais Araujo e Corlina na mesmaaaaaaaaaaaa novela!!!Se separadas já são uns purgantes, juntas, entao!!!??

Mas a novela parece ser boa...

bjussssss

Nana

7:03 PM  
Anonymous Anônimo disse...

hehehehe...
Eu sou tão por fora de novela que teu blog é o que me informa... rs
Mas meu pai tb podia reservar um partidão pra mim... isso podia!!
Bjos
Ana Rita

8:03 PM  
Blogger Renatinha disse...

Clau,
Apoiado! Nem chorei! Se eu não choro, de nada valeu o ultimo capitulo, a viúva Maya de repente está linda e colorida!
Preguiça...
Vamos ver agora a Thais Araujo, e trocar o Raj pelo Delícia Rodrigo Hilbert?
beijos
Re

10:31 AM  
Blogger Renatinha disse...

Vendo a Thais Araujo agora no Fantástico me fez pensar que vai ser difícil mesmo encarar, hein?
beijos

9:15 PM  
Blogger ANNA disse...

A Juliana Paes deixou muito a desejar na interpretação do reencontro com o Raj.
Ou o diretor podou muito, porque a cena foi bem "ruinzinha"!!!
E foi totalmente desnecessária a mudança radical de roupa dela com todos aqueles adereços!!!
O resto eu até achei legal, mas essa parte da Maya com o Raj deixou a desejar! E como disse a Rê...
Não deu nem pra chorar!
Beijo
urbAnna

8:15 AM  
Anonymous vivi disse...

Cláu, pois é. De repente, a mulher achava q o marido tava morto e ele reaparece e ela fica assim...mudinha, caladinha, só olhando...e esperando pra dar um beijinho (lembrando que beijos em público é/era proibido! rs)...
ASIFUDÊ!
A nega tinha que pular, chorar, espernear, cortar os pulsos...sei lá...mas um pouco mais de emoção era devido! rs

Ah, vc falou do Raul e da Yvone que mantiveram a personalidade mas não se esqueça da translumbrante NORMINHA! Ela tb...adorei! Adorei o final dela e o corno manso assumido SIM!! E cá entre nós, Dira Paes mandou bem...e se recusou a sair na Playboy...acho que por isso que sobrou vaga pra mala da Young...
Beijo!

10:42 AM  
Blogger MH disse...

li em algum lugar que, antigamente, queimavam as viúvas na pira crematória junto com os maridos mortos. E nem tão antigamente assim...

Bom, eu acompanhei a novela via propaganda no jornal nacional e blog da claudia. Bom é isso, versão resumida ao que interessa de fato! Eu agradeço! :-)

Agora, a próxima vai ser de doer... cheia de mulherzinha chata, com todo aquele drama que o Manoel Carlos adora!

Se precisar de dicas do que vale a pena assistir no horário da novela, me fala que tenho uma bela lista!!
beijo

2:18 PM  
Blogger Cláudia disse...

Escrevi errado: Yvone e RAMIRO!!!!

Tem razão, como é que nega nao estranha que Marido não morreu???
Fora que virou de viúva pra maquiada, arrumada e cheia de jóias e depois chegou assim na casa dos Ananda... Uai, nao era só imaginação???

beijo

3:11 PM  
Blogger Dedinhos Nervosos disse...

Ô capítulo ruim!!! E vem cá, é impressào minha, mas o Raj não sabe que tem um herdeiro no Brasil? Perdi esse capítulo? E aquela criança lá da diretora que não nasce nunca? A "filha" da Surya foi concebida, cresceu, nasceu e nada da outra parir. Essa Glória se sperou, heim? argh!

5:42 PM  
Blogger Cláudia disse...

Anna, o Raj nao ficou sabendo que tem um filho no Brasil porque a Duda resolveu nao contar e deixar pra quando a criancinha crescesse.

Que diretora que tava grávida na novela, tinha disso?

beijo

8:07 PM  
Blogger Giovanna disse...

are babaquice aquele final, viu??? não sei qto a vcs, mas eu estou com um monte de perguntas que não querem calar - será que a Glória pretende escrever Caminhos II - a revanche? rs... e pq a polícia de Miami fala em português? A diretora grávida era a Cissa Guimarães, outro enredo que não rendeu mto na trama... agora, com esse negócio da mulher fazer 60 junto com o marido, taí uma solução pra Suzana Vieira e afins, qdo os garotões tiverem pra fazer 60, ela, que já vai estar com uns 115, compra uma passagem pra Índia, e volta aos 60...rs..rs..rs..
bjo

10:02 PM  
Blogger Cláudia disse...

Giovanna, ideia brilhante, encaminha pra assessoria de imprensa dela!

Os policias de Miami falam português porque português é a língua oficial não somente de Miami mas também da India, de Dubai, e de todo canto do mundo. Óbvio!

Gostei mesmo do Opash sabendo que o pai era o Shankar, mas também, com aqueles dois, tinha como a cena ser ruim, me diga?

beijo

10:58 AM  
Blogger Dedinhos Nervosos disse...

Cláudia, a diretora grávida era a Cissa Guimarães, lembra? Que o coitado do pai queria pq queria acompanhar a gravidez e ela nào deixava. Kd a criança, gente? E o pai da criança, pq nào vi mais o ator nas últimas semanas. O problema de ter zilhões de assuntos abordados numa trama é essa: nem todos sào desenvolvidos. Palhaçada.
Beijos!

11:29 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial