Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP

segunda-feira, novembro 23, 2009

Desde sempre

Ele era amigo do irmão dela desde a adolescência e nutria por ela um amor não correspondido.
Ela se casou com outro e teve três meninas.
Ele não se casou com ninguém.
Ela se separou, pegou as trouxas e as filhas e voltou para a casa da mãe, na mesma rua em que ele sempre morara e onde a conhecera ainda garota.
Ele, ao saber da separação, pensou: é a minha chance!
Ela, mãe de três meninas pequenas, começou a namorar com ele.
Ele nem se importava que ela vinha com tanta bagagem, além de uma mãe doente: sempre quis namorá-la.

Namoraram, casaram, e no último domingo a filhinha deles fez um aninho.

Ele deixou cair uma lágrima discreta na hora do parabéns a você.
Ela viu.

E mais tarde, já em casa, abrindo os presentes junto das 4 meninas, ele chorou sem esconder. Chorou, segundo ele, de pura emoção, por ver seu sonho realizado: o de ter uma família com ela.

Eu nunca, nunca vou me cansar de admirar essas histórias de amor da vida real, que novela alguma consegue igualar.

9 Comentários:

Blogger MH disse...

Ai que lindo!!! Comovente como só a vida sabe ser (e eu, piegas que só!!)

beijo

10:32 AM  
Blogger Renatinha disse...

arrepiada!
adoro histórias de amor assim, faz tudo parecer mais leve na vida, né?
beijos
Re

10:43 AM  
Blogger Cláudia disse...

mh, pode ser piegas, mas é verdade, só a vida mesmo para produzir histórias assim.

Re, também acho, adoro essas coisas!

beijo

2:59 PM  
Blogger Isa disse...

Que linda essa história. Acho que o amor sempre dá um jeitinho de fazer as pessoas se (re)encontrarem, né? E isso as vezes nem novela consegue mesmo!
Também me emocionei.
bjs

4:07 PM  
Anonymous vivi disse...

Ai, que lindo!!
E emocionante!

O amor pode até ser piegas mas é bom demais, nao é?!

E num mundo tão prático, é tão reconfortante ver estórias mágicas! bjs

5:38 PM  
Blogger Ana disse...

Adoro essas historias, acho emocionante. E dá uma esperancazinha de que tudo ainda vai dar certo ne?

6:45 PM  
Blogger Lala disse...

Deus conserve! Que ela saiba valorizar a sensibilidade, a perserverância e a dedicação dele - atributos cada vez mais raros!

6:57 PM  
Blogger ANNA disse...

Que história linda!
Que o amor entre eles cresça a cada dia!
Que ela saiba valorizá-lo.
Que ele, a cada dia, tenha mais certeza de que valeu a pena esperar.
beijo
urbAnna

8:31 AM  
Blogger Dedinhos Nervosos disse...

Quando tem que acontecer, né? Nao adianta. O negócio vai! Amei a história :o)

5:27 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial